06/02/2019

Samba para Marielle

Samba para Marielle

Em 2019, a Mangueira leva para o carnaval o enredo “História para ninar gente grande”, que vai narrar momentos importantes da história do Brasil pelo olhar dos excluídos pela História (assim, com “h” maiúsculo). O Descobrimento e a abolição da escravidão, por exemplo, vão ser recontados sob a perspectiva de figuras consideradas marginais, como Cunhambebe, líder Tupinambá, ou Zumbi dos Palmares e Dandara, lideranças negras do período da escravidão. Um dos versos do samba diz: “Brasil, chegou a vez/ De ouvir as Marias, Mahins, Marielles, Malês”. Marielle também será homenageada em alas da Unidos de Vila Isabel, do Grupo Especial, e da União do Parque Curicica, da Série B. O desfile vai acontecer quase um ano depois do assassinato de Marielle Franco e de Anderson Gomes, seu motorista, crime que continua sem solução.

Que saber mais?
Conheça Leandro Vieira, o carnavalesco que leva política para a avenida

Quer se emocionar?
Ouça o samba História para ninar gente grande

MemeNews é financiado pela Open Society Foundations, por meio de um projeto que pretende unir humor e mudanças sociais.