21/03/2019

Em dose dupla

Em dose dupla

E por falar no antiministro, hoje ele vai à sede do BNDES, acompanhado do general Carlos Alberto dos Santos Cruz, da Secretaria de Governo,  para analisar 26 contratos do Fundo Amazônia com organizações do terceiro setor. O Fundo fomenta ações de combate ao desmatamento na região  através de recursos vindos da Alemanha, da Noruega e da Petrobras. Salles já esteve no BNDES, em fevereiro, atrás de informações dos contratos do Fundo, que é gerido pelo banco. Não satisfeito com as respostas que recebeu, o antiministro acionou a Controladoria Geral da União para obter os documentos.

Quer se manifestar?
Que tal questionar o antiministro Ricardo Salles?
https://twitter.com/rsallesmma

MemeNews é financiado pela Open Society Foundations, por meio de um projeto que pretende unir humor e mudanças sociais.