11/04/2019

Farmácia impopular

Farmácia impopular

A Farmácia Popular é um programa federal criado em 2004 para distribuir gratuitamente remédios de uso contínuo, como aqueles usados para asma, hipertensão ou diabetes. Outros itens – remédios para Parkinson, osteoporose, glaucoma, ou fraldas geriátricas – são vendidos com 90% de desconto, em 31 mil farmácias privadas cadastradas no programa. Acontece que desde 2015 o Farmácia Popular perdeu 27% dos seus recursos, e o número de pessoas atendidas, que era de 28,8 milhões, caiu para 21,6 milhões em 2018. A diminuição do programa – que está há sete meses sem coordenador – tem efeitos diretos na população, já que a cada ano o Brasil ganha um milhão de idosos, principais consumidores de remédios de uso contínuo.

Quer saber mais?
Enquanto isso, o faturamento da indústria farmacêutica cresce graças ao lobby

MemeNews é financiado pela Open Society Foundations, por meio de um projeto que pretende unir humor e mudanças sociais.